Polícia Militar de Santa Catarina forma 404 novos soldados

Na manhã desta quarta-feira (13), foram 404 formandos em Florianópolis. Este foi o primeiro de nove grupos que serão formados nesta semana em todo o Estado

Por Redação Agora Joinville/RCN 13/12/2017 - 14:12 hs
Foto: (Foto: Jaqueline Noceti/Secom)
Polícia Militar de Santa Catarina forma 404 novos soldados
Governador Raimundo Colombo esteve presente na formatura
O governador Raimundo Colombo e o vice Eduardo Pinho Moreira participaram na manhã desta quarta-feira, 13, em Florianópolis, da formatura de 404 soldados da Polícia Militar de Santa Catarina. Os novos policiais atuarão nas cidades de Florianópolis, Tubarão, Balneário Camboriú e Itajaí. Este foi o primeiro de nove grupos que serão formados nesta semana, representando um reforço histórico no efetivo da PM: 918 policiais. O secretário de Estado da Segurança Pública, César Augusto Grubba, e o comandante-geral da Polícia Militar, Paulo Henrique Hemm, também acompanharam o ato. 

Colombo disse que o Governo do Estado vai continuar com a política de aumentar o efetivo. "Um novo concurso deve ser realizado no ano que vem. Também estamos investindo em tecnologia e inteligência. O resultado está vindo. O número na apreensão de drogas cresceu, assim como as prisões, então estamos conseguindo fazer o enfrentamento do crime. Este trabalho tem que continuar. O Estado está forte e vai vencer esta batalha. Parabenizo a todos os novos policiais, que deram tudo de si para hoje colher a admiração e o reconhecimento de toda sociedade catarinense. Nobres cidadãos que têm missão de servir e fazer bem e que tornam nosso Estado melhor", disse o governador.

"A corporação da Polícia Militar é exemplo em todo Brasil em dedicação, eficiência e capacidade de enfrentamento na criminalidade. Esses quase mil homens e mulheres que entram para a PM vão contribuir para diminuir a criminalidade e dar tranquilidade à população catarinense", salientou o vice-governador.

Os novos policiais irão atuar em serviços operacionais e na Operação Veraneio. O curso de formação de soldados começou em maio de 2017 com 1.284 horas e com estudos teóricos sobre direito penal, legislação, trânsito, ética e cidadania. Na parte prática, o treinamento compreende técnicas de policiamento ostensivo, uso de armas, defesa pessoal e participação em operações policiais.

O secretário César Augusto Grubba destacou que, desde 2011, foram realizados 22 concursos públicos na área da SSP, responsáveis pela abertura de 9.344 vagas. "Estamos focados no cumprimento de ações que visam atender à maior demanda da segurança pública, que é a reposição e a ampliação de efetivos das instituições que a compõe, para garantir uma maior proteção à população", disse.
Maicon Leônidas Batista se formou nesta quarta e disse que é a realização de um sonho. "Desde criança, sempre foi um anseio ser policial, estou seguindo o caminho do meu avô e de meu pai, que são militares. Sempre os admirei. Estou muito feliz e espero realizar um bom trabalho em prol da população", afirmou. 

"Vamos defender e proteger a população acima de tudo. Isso para mim é o maior importante", afirmou o novo policial Murilo Fernandes.

O comandante-geral da Polícia Militar, coronel Paulo Henrique Hemm, informou que a formatura representa a maior inclusão de policiais na história da PM. "Vamos poder dar um resultado ainda melhor para a comunidade e estar mais presentes", salientou.