Ministério Público pede afastamento temporário do prefeito de Araquari

Pedido foi realizado pela 1ª Promotoria de Justiça de Araquari

Por Jacson Carvalho 17/05/2018 - 08:58 hs

O Ministério Público de Santa Catarina, sob alegação de descumprimento de decisão judicial sobre a realização de concurso público para substituição de temporários, solicitou o afastamento temporário do prefeito de Araquari, Clenilton Pereira (PSDB), e dos secretários de Gestão de Pessoas e de Administração.

Pedido, realizado pela 1ª Promotoria de Justiça de Araquari, está em análise pela Justiça, sem decisão até o momento. Caso teve início no ano passado, com uma ação realizada também pelo MP.

Na decisão do ano passado, a prefeitura da cidade foi obrigada a rescindir os contratos de temporários. Tiveram exceções nas áreas de saúde, educação e assistência social, nas quais os temporários teriam de ser substituídos por servidores contratados futuramente por meio de concurso público. O prazo foi dado até julho.

Na nova ação, o Ministério Público alega que mesmo que o concurso fosse lançado agora, a contratação só seria efetiva em outubro, portanto, depois do prazo.

O prefeito Clenilton Pereira afirma que está providenciando o concurso público. Ele acredita que o concurso será realizado em junho. Clenilton está também analisando se é possível a contratação em ano eleitoral.

Leia as últimas notícias de Joinville e região no AJ