Cadastro para vagas de emprego implanta sistema de libras em Joinville

Equipe contará com uma intérprete de Língua Brasileira de Sinais

12/09/2017 - 10:54 hs

O Setor de Inclusão do Centro Público de Atendimento ao Trabalhador de Joinville (Cepat) está implantando uma importante melhora no atendimento para as pessoas com deficiência auditiva e comunidade surda de Joinville.

Através de uma parceria com o Instituto Joinvilense de Assistência aos Surdos (Ijas), todas as terças-feiras, das 9 às 12 horas, a equipe contará com uma intérprete de Língua Brasileira de Sinais (Libras). Quem fará o trabalho voluntariamente é a intérprete Rute Souza, fundadora do Ijas.

“No momento, estamos com 32 vagas que podem ser preenchidas por pessoas com deficiência”, comentou Mário José de Souza Leal, diretor executivo da Secretaria de Assistência Social – SAS, responsável pelo Cepat. De acordo com Rute, atualmente, em Joinville, são 23 mil surdos. “o Cepat está de parabéns por entender a importância de facilitar a comunicação”, avaliou Rute.

Leia as últimas notícias de Joinville e região no AJ

O atendimento prioritário do Cepat para pessoas com deficiência, e que estão em busca de uma vaga no mercado de trabalho, também possui uma profissional capacitada (psicóloga e psicopedagoga). E é feito num ambiente com acessibilidade – rampas, elevador, banheiros adaptados e área de espera destinada a públicos prioritários

Para consultar vagas de emprego.