Amin candidato na Capital

João Amin confirma que pretende ser candidato a prefeito de Florianópolis

Por Prisco Paraiso 17/06/2019 - 10:54 hs

Deputado estadual João Amin confirmou aquilo que se projetava nos bastidores. Em entrevista ao colega Upiara Boschi, do Grupo NSC, o parlamentar anunciou que pretende ser candidato a prefeito de Florianópolis.
Até então, a dúvida era se ele ou sua mãe, ex-prefeita e atual deputada Angela Amin, assumiria a condição de pré-candidatura.
Ainda é cedo, mas o fato de o atual alcaide, Gean Loureiro, estar se movimentando a todo vapor dentro do projeto reeleitoral acaba açodando o processo. Também porque o jovem Amin nada tem a perder. Durante a campanha, estará um pouco além da metade de seu segundo mandato de deputado estadual, depois de ter sido vereador e vice-prefeito em Florianópolis.

DNA

Vale lembrar, ainda, que o pai de João, atual senador Esperidião Amin, já administrou a Capital. Em duas oportunidades. Entre 1975 e 1978, nomeado pelo então governador Antônio Carlos Konder Reis, e depois já pelo voto direto, entre 1988 e 1990.
A mãe dele, Angela, também governou a cidade por duas vezes de maneira consecutiva (1996 — 2004). Foi a primeira mulher a administrar Florianópolis. Ou seja, se João for candidato de fato, os três políticos do clã terão, em algum momento, sido candidatos à prefeitura da Capital.

Faz parte

Importante registrar, também, que tanto Esperidião quanto Angela perderam uma eleição municipal. E que o próprio deputado estadual já disputou como vice, tendo na cabeça César Souza Junior, e ganhou o pleito de 2012.

Primeira baixa

O governo Moisés da Silva sofreu, durante o fim de semana, a primeira baixa significativa em seu colegiado. O coronel Flávio Graff, da reserva do Corpo de Bombeiros, um homem oriundo da mesma corporação e aposentado com a mesma patente do governador do estado, pediu o boné e não é mais diretor-geral da Secretaria de Estado da Segurança Pública. Outros seis servidores teriam acompanhado Graff.

Disputa

Intramuros, os comentários apontam para a velha queda-de-braço, de guerra por poder, entre servidores da segurança de origem militar e os policiais civis, como o motivo para o desembarque do coronel.
Para o lugar de Graff, e não é coincidência, foi indicada um delegada. Luciana Pinto Maciel assumirá a função, fortalecendo a representação Civil no governo, justamente na vaga deixada por um Militar.

Segmento

Moisés da Silva enfrenta sua primeira grande crise doméstica justamente no setor que vem apresentando os melhores resultados práticos de sua gestão nestes pouco mais de cinco meses de governo.

Ministro aqui

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, estará em Santa Catarina nesta segunda e terça-feiras, 17 e 18 de junho. A agenda foi proposta pelo coordenador da bancada catarinense em Brasília, deputado Rogério Peninha Mendonça (MDB). Serão dois dias de roteiro no stado, com inaugurações e visitas a algumas obras em andamento nas rodovias federais.

Agora vai

Na segunda-feira, dia 17, a agenda iniciará na BR-470, com a liberação de 8 km de duplicação da rodovia no limite entre os municípios de Ilhota e Gaspar. Depois, o ministro participa de uma reunião do Fórum Parlamentar Catarinense no auditório da Associação dos Municípios da Foz do Rio Itajaí (AMFRI). No início da tarde, ocorre a inauguração do berço de atracação no Porto de Itajaí e, na sequência, realiza o ato de entrega da terceira faixa na Via Expressa da BR-282.
Na manhã do dia 18, o primeiro compromisso será uma visita às obras do Contorno Viário da Grande Florianópolis. Depois faz vistoria às obras de acesso ao aeroporto de Florianópolis e também ao novo terminal.