Napoleão no PSD

Ex-prefeito de Blumenau ingressa no partido até semana que vem

Por Prisco Paraiso 11/07/2019 - 11:03 hs

Napoleão Bernardes assinará ficha no PSD até a semana que vem. Quando ele saiu do PSDB já havia o entendimento de que ingressaria no partido, uma articulação do presidente da Alesc, Júlio Garcia. O ex-prefeito de Blumenau e o presidente estadual pessedista, Milton Hobus, devem sentar nas próximas horas para ajustar detalhes.


A ideia é promover um grande ato de filiação em Blumenau. Os cardeais do PSD têm pressa. Pretendem formalizar a adesão de Bernardes até a semana que vem. E inserí-lo nas agendas regionais organizadas por Hobus, que recém assumiu o comando partidário, nas diversas regiões de Santa Catarina durante o recesso parlamentar, que se inicia em 18 de julho. Na sexta-feira, 12, mesmo sem estar filiado, Napoelão Bernardes participará da reunião regional do PSD em Navegantes.


Significa que o blumenauense chega ao PSD valorizado e com status de possível nome para a majoritária de 2022.


Milton Hobus atua em fina sintonia com Júlio Garcia. Sua ascensão à presidência estadual do PSD reoxigenou as costuras para trazer o ex-prefeito de Blumenau às fileiras pessedistas.


Mudança de comando

O deputado federal Fábio Schiochet, secretário de Comunicação da Câmara, assumiu oficialmente a presidência do PSL catarinense. Lucas Esmeraldino, numa construção que passou em todos os momentos pelo presidente nacional do partido, o também deputado Luciano Bivar, emplacou uma vaga no diretório nacional da legenda.


Case

Nos momentos em que não estiver em agenda pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico, sobretudo nos finais de semana, Esmeraldino percorrerá o país fazendo palestras sobre o sucesso do PSL catarinense nas eleições de 2018.


Resultados

O partido elegeu o governador, quatro deputados federais, seis estaduais e por 18 mil votos o próprio Lucas Esmeraldino não conquistou uma das duas cadeiras no Senado. Vale lembrar, ainda, que o PSL não tinha recursos do fundo partidário e não dispunha de tempo de propaganda no rádio e na TV. A campanha de massa foi feita pelas das redes sociais.


Idade

A Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa aprovou  a ampliação do limite de idade para ingresso na Polícia Militar. De acordo com a emenda apresentada pelo deputado Milton Hobus (PSD) ao texto proposto pelo deputado Marcius Machado (PL), os 30 anos previstos nas regras atuais passarão para 35 anos.


FRASE

“Definitivamente o Brasil saiu da UTI, começa a respirar, começa a dar sinais de que a economia recupera o que perdeu durante diversos anos. A gente viu isso principalmente agora na última semana, que definitivamente se mostra que vai ser aprovada a reforma da previdência.” Deputado Nilso Berlanda, que também é empresário do ramo varejista


Retorno

O deputado estadual Altair Silva (Progressistas) retornou a Assembleia Legislativa nesta terça-feira (9) depois de estar licenciado pelo período de 60 dias.


Troca de Poder

O vereador Thiago Morastoni (MDB) deixa a Câmara de Vereadores nesta quinta-feira e assume a Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Itajaí, cidade administrada por seu pai, Volnei Morastoni.


Tucana

Deputada Geovania de Sá pode entrar para a história se for a única representante do PSDB na Câmara a votar contra a Reforma da Previdência. A sessão para votação em primeiro turno começou ontem à tarde e não tinha horário previsto para terminar.