Efeito cascata

Joinville teve redução de 18% no quadro associativo, segundo Portal da Transparência

Por Gabriel Fronzi 09/08/2019 - 16:34 hs
Efeito cascata
Foto: Beto Lima/ JEC.com.br

Sem calendário esportivo nos últimos meses, o Joinville teve uma redução de 18% no quadro associativo, segundo os números divulgados nos últimos três balanços publicados no Portal da Transparência (veja aqui, aqui e aqui).

Em maio, mês que marcou o início da Série D, o clube arrecadou R$ 139 mil com os sócios, enquanto em julho não conseguiu ultrapassar a barreira dos R$ 114 mil, pior número da história.

Desde o início da atual gestão – com coletiva de imprensa que aconteceu em 16 de janeiro de 2018 (veja aqui) – quando arrecadava R$ 363 mil na categoria, o JEC diminui as receitas com os associados em 68,5%. Um número negativo, logicamente, impulsionado pelo rebaixamento na Série C, pelas as fracas campanhas nas competições subsequentes, mas também pela redução no valor das modalidades (veja aqui).

  • Comparando

Em 2015, ano da melhor arrecadação no setor, o Joinville faturou na média R$1,5 milhão por mês com os 12 mil associados. Hoje, com os 2.700 sócios adimplentes, a proporção mensal não ultrapassa os R$ 150 mil, uma diminuição de 10 vezes nos valores.

Até mesmo em 2017, ano da queda para a Série D, quando o acumulado beirou os R$ 4 milhões na temporada, com média mensal de R$ 318 mil, o clube conseguiria se virar com as reduções atuais. O problema atual é arrecadar menos da metade do valor nas categorias disponíveis.

  • Correndo contra a máquina

Entretanto, em meio às diminuições, o JEC segue na incansável luta para manter seus associados, propiciando experiências distintas aos torcedores. Nos últimos meses, as edições das “Peladas dos Sócios”foram um sucesso, assim como a “Corrida do JEC”, em janeiro. Da mesma forma, o “Desafio do Kart” também têm rendido elogio entre os participantes. 

Também está sendo preparado um evento no dia 31 de agosto, na Arena, tentando trazer o torcedor para uma nova interação com o clube. Essas ações estão ao lado da nova campanha associativa, já divulgada em meios de comunicação, buscando reconquistar novos parceiros.