Saída de Moro: Fortalece a terceira via

Esquerda, direita, centro

Por Jacson Carvalho 24/04/2020 - 16:10 hs

Até agora a terceira via, o chamado centro direita parecia apenas ideias de políticos rebeldes, de oportunistas. Agora aos poucos o movimento de centro no Brasil cresce, primeira a saída de Mandetta da Saúde, agora Sérgio Moro, quem será o próximo a desembarcar do governo?

 

Muitos lamentam, ainda não se acreditam no que está acontecendo na política. Seria realmente uma decepção ou a população no desespero em busca de heróis se apegou no que apareceu na frente por primeiro?

 

Até então quem não gostava do Bolsonaro era petista, quem estava com Bolsonoro era Bolsominio. Quem queria ficar em casa é do PT, quem queria trabalhar, do Bolsonaro. Essa polarização já estava com data de validade vencida, mas ainda faltava um estopim.

 

Quem é fiel ao Lula vai ser até o fim, ele preso e os militantes nas barracas de Curitiba gritando o nome dele. Quem é do Bolsonaro vai até o fim, pode fazer o que quiser que vai continuar esperando ele na porta do Palácio do Alvorada para gritar Mito, mito.

 

Mas existe uma terceira via, uma via que não está preocupada com nomes, partidos e sim ideias para um Brasil melhor, não flertam com cheiro de corrupção, traumatizados do passado, esses vão mudar, esses farão a balança pender.

 

Sempre gosto de lembrar que nas últimas eleições presidenciais existiam 14 candidatos, porém só se via na frente dois, poucos foram procurar saber sobre a história, o legado de cada um. Fico preocupado com o efeito manada, com ódio, com a apologia a violência à jornalistas, com a aproximação dos que querem a volta da ditatura. Eu quero continuar votando, acertando, errando, mas votando.