O perfil empreendedor

Com bases sólidas é possível encontrar soluções para o desenvolvimento

Por Everton Schreiner 05/08/2020 - 09:08 hs

Com os passar dos anos várias empresas dos mais diversos segmentos nasceram, fruto de um sonho ou objetivo de alguém ou grupo de pessoas. Esses indivíduos transformam o ambiente em sua volta e também aqueles que se encontram ao redor. Essa transformação gerada beneficia tanto a economia do país quanto o desenvolvimento local onde a empresa está instalada. 

Por outro lado o surgimento de novas empresas não significa seu sucesso ou continuidade dentro do mercado. A porcentagem de empresas que encerram suas atividades em menos de um ano de funcionamento é equivalente a 21%, e os fechamentos de empresas em cinco anos corresponde a 40% segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em seu estudo Demografia das Empresas e Estatística de Empreendedorismo, o IBGE constatou que o Brasil fecha mais empresas do que abre novas.

Inúmeros fatores podem proporcionar o fechamento de empresas independente do porte que a companhia se encontra. Porém, um dos fatores que têm grande peso em sua caminhada no mercado é a força do empreendedorismo aplicado sobre a companhia, seja ela existente ou nova no mercado. O empreendedorismo é uma atividade de contínua aplicação e não apenas em alguns momentos dentro da instituição.

Grandes empresas, sejam até mesmo de gestão familiar como era o caso da americana Budweiser antes da compra pelo grupo 3G Capital, mostra que a importância da administração e empreendedorismo de seus gestores mantinham a companhia em seus mais altos patamares não sendo necessário a inclusão de terceiros para realizar essa tarefa. Os próprios familiares que controlavam a empresa possuíam características de exímios empreendedores.

As características de um indivíduo empreendedor são desenvolvidas com o passar do tempo, sejam de maneira espontâneas, influenciadas ou adquiridas, onde o mais importante é carregar seus conhecimentos e características, não a forma como foram desenvolvidas. Essas características empreendedoras são a base para o sucesso de um negócio independentemente do seu segmento.

O modelo de administração é influenciado pelas características empreendedoras. Mesmo antes da inicialização de uma companhia seu fundador ou idealizadores necessitam desenvolver características específicas para o seu bom desenvolvimento e administração, não apenas contando com a sorte do momento em questão. O número de características empreendedoras não é grande, porém suas ramificações são extensas. A característica de comunicação não é apenas saber se comunicar com outro indivíduo, suas ramificações se estendem, a persuasão, a rede de contatos, seja ela interna ou externa, análise de um discurso entre outras. Assim, as características base devem estar em constante desenvolvimento para que as ramificações sejam aprimoradas, causando maiores impactos positivos.

As características base de um empreendedor são como um "modelo universal", independente do momento que está acontecendo e as atuações externas. Com bases sólidas é possível encontrar soluções para o desenvolvimento. Com isso, as dez características base para o empreendedorismo não somente garantem uma melhora significativa para a administração como para a inovação e desenvolvimento. Confira essas características abaixo:

# Iniciativa

# Cálculo de riscos

# Exigência de qualidade e eficiência

# Persistência

# Comprometimento

# Constância de aprendizado

# Estabelecimento de metas

# Planejamento e monitoramento

# Comunicação

# Coragem e autoconfiança