Variáveis emedebistas

Por Prisco Paraiso 09/09/2020 - 10:48 hs

Considerando-se o histórico, o tamanho, a força e a tradição do MDB em Santa Catarina, são desalentadoras as perspectivas do partido nas quatro maiores cidades do estado nestas eleições municipais. 

Sobretudo na região da Grande Florianópolis e no Vale do Itajaí. Na Capital (segundo colégio eleitoral) e em São José (quarto município em número de eleitores), o partido caminha firmemente para indicar candidatos a vice. 

Em Florianópolis, com o agravante de uma possível aliança com o PP da família Amin. Partidos e cardeais das duas legendas (Esperidião e Angela – PP; e Dário Berger – MDB) são adversários/inimigos históricos. 

Em São José, a coligação deverá ser com o também tradicional adversário, o PSD, que tem tudo para confirmar a candidatura do vereador Orvino de Ávila. 

Em Blumenau, terceiro colégio eleitoral, onde também há segundo turno, os emedebistas se alinham para indicar o vice do PL, do deputado Ivan Naatz. 

Diferencial do Norte

Protagonismo do MDB mesmo só em Joinville, onde o prefeito Udo Döhler tentará fazer o sucessor, apostando todas as fichas no jovem deputado Fernando Krelling. 

Também do Norte de Santa Catarina vem outro diferencial dentro das fileiras do MDB. O prefeito de Jaraguá do Sul, Antídio Lunelli, empresário consagrado que tem tudo para se reeleger depois de uma gestão extremamente existosa, costura para ter outro empresário, José Jair Franzner, de vice. Com o detalhe alvissareiro para os emedebistas: a chapa, se confirmada, será pura, pois Franzner também é filiado ao Manda Brasa. 

Projeção

Por essas e por outras que cada vez mais o nome de Antídio Lunelli vai ganhando força, simpatia e respaldos dentro do MDB para outra eleição: a majoritária de 2022. Para isso, o prefeito precisa se reeleger. Mas já demonstrou ao partido que, além de gestor de ponta, tem visão de grupo, partidária e de respeito com a cidade e sua legenda política. Está no caminho certo. 

Habilidade

Antídio Lunelli também adianta conversas para manter o PP em sua base e no projeto eleitoral deste ano. 

Perfil

O Patriota realizou sua Convenção na tarde deste 7 de setembro, e oficializou Helio Bairros, 63, empresario da construção civil, como candidato à prefeitura de Florianópolis nas eleições deste ano.

A convenção ocorreu na sede do partido, no Centro da cidade, junto ao pavimento garagem do prédio (por ter mais espaço), com a presença de cerca de 120 pessoas, que usaram máscaras durante o evento por conta da pandemia do coronavírus. 

Nominata

O partido homologou também 27 nomes que disputarão lugares na Câmara de Vereadores. O vice de Helio será Edgar Lopes, 52,  agente aposentado da Polícia Federal.

Fora do páreo

Já em Joinville, também temos uma não-candidatura. Alvo de perseguição do PSB desde o início de seu mandato por apoiar o governo Bolsonaro, o deputado Rodrigo Coelho não será candidato. Ele afirma que a relação ficou insustentável após a votação da Reforma da Previdência, quando sofreu sanções partidárias que prejudicaram sua atuação parlamentar. 

FRASE

“As sucessivas intervenções nas Executivas Estadual e Municipal do PSB em Santa Catarina agravaram ainda mais a situação, não me restando outra alternativa a não ser propor uma ação judicial no TSE contra o PSB para sair do partido sem risco de perder o mandato.” Rodrigo Coelho, deputado federal.