Florianópolis ganhará o maior centro de reabilitação de animais marinhos do país

Centro poderá abrigar 120 pinguins, 50 aves voadoras, dois leões ou lobos-marinhos e um golfinho, todos no mesmo período de tempo

Por Redação Agora Joinville 28/03/2018 - 16:43 hs
Foto: Anne Caroline Anderson/Fatma

Os animais marinhos resgatados em Santa Catarina que precisarem de reabilitação para retornarem ao habitat natural vão ganhar um local novo e especial no Parque Estadual do Rio Vermelho, em Florianópolis. O Centro de Reabilitação e Despetrolização de Animais Marinhos foi inaugurado na manhã desta quarta-feira (28). A obra, executada pelo Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos, terá 3 mil metros quadrados de área construída e poderá receber mais de 170 animais marinhos ao mesmo tempo.

O Centro será administrado Associação R3 Animal. A R3 é uma das instituições executoras do Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos. Este será o maior local especializado em reabilitação e despetrolização de animais marinhos do Brasil. 

Capacidade para receber 120 animais

Serão 12 piscinas, sendo uma para abrigar pinguins; outra para aves voadoras; golfinhos; lobos/leões marinhos e oito para uso misto. O Centro ainda contará com ambulatório, salas de estabilização, internação e isolamento, laboratório de análises clínicas, sala de necropsia, para o caso dos animais encontrados mortos, cozinha para preparação de alimentos para animais e área administrativa. Será possível receber 120 pinguins, 50 aves voadoras, dois leões/lobos-marinhos e um golfinho ao mesmo tempo.

O Centro atenta para a sustentabilidade e terá seu próprio sistema de tratamento de efluentes, captação de água da chuva e sistema de energia fotovoltaica. 

Em caso de avistamento de animal marinho ferido ou morto, recomenda-se manter a distância, evitar aglomerações e acionar imediatamente a instituição, pelo telefone 0800 642 3341.