Concurso sobre alimentação estimula projetos para melhorar o momento das refeições nas escolas estaduais

As unidades estaduais tem até dia 15 de setembro para inscrever projetos que estimulem os alunos a terem um recreio mais agradável na escola

Por Redação Agora Joinville 19/04/2018 - 17:31 hs
Foto: Arquivo/SED

Comer com regularidade, com atenção e em boa companhia são princípios previstos no Guia Alimentar da População Brasileira e que passam a ser reforçados nas escolas de Santa Catarina com o lançamento do concurso “Bons momentos são feitos para dividir”. Até 15 de setembro, as unidades estaduais de ensino podem inscrever projetos que estimulem os alunos a ter um recreio mais agradável junto aos colegas e ainda concorrer a uma TV 39”. A iniciativa é da Secretaria da Educação (SED) em parceria com as empresas Nutriplus e Risotolândia, responsáveis pelo fornecimento das refeições escolares no Estado.

De acordo o diretor de Articulação da SED, Osmar Matiola, esta é mais uma oportunidade de reforçar os benefícios da alimentação saudável. “O desafio está lançado e nós torcemos para que as escolas tragam boas estratégias para que os estudantes possam se alimentar de forma ainda melhor”, enfatiza.

“Além de suprir as necessidades biológicas, a alimentação é uma prática repleta de sentido no âmbito da vida, carregando valores simbólicos e aspectos subjetivos como prazer, lembranças, solidariedade e alegria”, afirma a nutricionista Renata Maluly, da Risotolândia, ao destacar que o objetivo do concurso é também trabalhar esse lado emocional das refeições no ambiente escolar.

Para o gerente de Comunicação da Nutriplus, Antônio Valini, a ideia é provocar reflexão sobre o ato de comer. “Os gestores precisam apresentar projetos que, após executados, tragam realmente mudanças para a vida dos estudantes, principalmente nas escolhas alimentares que se refletem em saúde e qualidade de vida”, destaca.

Sobre o concurso:

  • As inscrições devem ser feitas entre 2 de abril e 15 de setembro, conforme regulamento divulgado nas escolas.
  • Podem participar escolas públicas estaduais de ensino médio e fundamental atendidas pelas empresas que prestam serviço de alimentação escolar ao Governo do Estado.
  • Os projetos deverão ser inéditos, desenvolvidos pela equipe pedagógica com a participação dos alunos exclusivamente para o concurso.
  • A escolha dos ganhadores seguirá a avaliação de critérios como coerência das ações com o tema proposto; clareza originalidade e criatividade.
  • A divulgação das escolas vencedoras e entrega da premiação ocorrerá no segundo semestre de 2018.
  • Como premiação serão entregues TVs 39” a sete escolas, uma para cada lote atendido pelas empresas Nutriplus e Risotolândia; além de 10 troféus para os melhores projetos registrados por Gereds e Unidades de Atendimento no estado.