Com gols no fim da partida, Operário-PR vence o JEC por 2×0

Primeiro tempo terminou 0x0, mas o Operário-PR marcou os dois gols da partida aos 37 e outro aos 40 minutos do segundo tempo

Por Redação Agora Joinville 07/05/2018 - 08:54 hs
Foto: Divulgação

O JEC viajou até a Ponta Grossa, Paraná, para encarar os donos da casa e tentar se recuperar no Campeonato Brasileiro da Série C. A equipe Tricolor suportou bem a pressão do Operário até os minutos finais da partida, quando o time do Fantasma conseguiu encontrar os dois gols que decretaram a vitória dentro de casa.

O jogo

A postura do Joinville era de se manter sólido na defesa para buscar os contra-ataques. O jogo começo truncado, sem criatividade das duas equipes. Aos seis minutos, Robinho finalizou com a perna direita e mandou para fora. Sem ter a posse de bola, o time do JEC se mantinha na defesa e o Operário tentava criar alguma coisa, sem muita qualidade, a partida acabou ficando muito faltosa. Madson recebeu inúmeras faltas, mas  o juiz não dava cartão para ninguém. Aos 34 minutos, Quirino recebe, gira em cima da marcação, bate para o gol e a bola passa próxima a meta do goleiro Emerson. Um minuto depois, Robinho finaliza de longe e ela desvia em Bruno Aguiar antes de sair pela linha de fundo. Sem muitas emoções, a partida terminava no primeiro tempo sem gols: 0x0.

Na volta do intervalo, o JEC começou no ataque. Grampola buscou a finalização, mas a bola acabou acertando a defesa. Mas tivemos apenas esse ímpeto Tricolor, aos 3 e 5 minutos Emerson teve que trabalhar. Schumacher finalizou na primeira e o goleiro colocou para escanteio. No segundo lance, Peixoto aproveitou bobeada da zaga Tricolor e finalizou para boa defesa de Emerson. O professor Matheus Costa fez algumas alterações pra buscar ofensividade, mas o Joinville mantinha seu posicionamento defensivo forte. Aos 37 minutos, teríamos o primeiro gol da partida. Xuxa cobrou mal a falta, mas a zaga do JEC e o goleiro Emerson não se entenderam e ela ficou livre para Léo abriu o marcador: Operário-PR 1×0. E já aos 40 minutos, Cleyton decretaria a vitória dos donos da casa, fazendo o segundo.

No final da partida, a avaliação do técnico Matheus Costa foi a seguinte: “Mais um jogo decidido em bola parada e estamos numa situação muito difícil. Batemos na tecla da bola parada nessa semana, perdemos por dois gols de bola parada. Quando eles começaram a se abrir a gente poderia ter criado alguma chance, que era essa a estratégia para o jogo de hoje, é um momento de falar menos, né? Temos uma semana decisiva para se preparar e buscar os três pontos contra o Cuiabá porque só a vitória interessa, todo mundo tá ciente disso.  Estamos com um time em formação, sofrendo para enfrentar outros que já jogam a bastante tempo e outra vez a partida foi decidida na bola parada, infelizmente não tivemos eficiência para evitar essas duas bolas e acabamos perdendo a partida.”

O próximo compromisso do Joinville é dentro de casa, sábado (12), às 19h30, diante do Cuiabá.