Udo Döhler encerra negociações e servidores devem paralisar nesta quarta-feira (30)

De acordo com presidente do Sinsej, “nenhum governo eleito neste sistema vai resolver os problemas dos trabalhadores”

29/05/2018 - 09:31 hs
Foto: Jacksson Zanco

 

Na manhã desta segunda-feira (28), os diretores do Sindicato dos Servidores Públicos de Joinville (Sinsej) se reuniram com o prefeito Udo Döhler para dar continuidade às reivindicações dos trabalhadores. Porém, de acordo com o sindicato, não houve avanços nas respostas da Pauta de Reivindicações.

Portanto, os servidores que haviam deflagrado estado de greve na última quinta-feira (24) vão paralisar na próxima quarta-feira (30). Neste mesmo dia, haverá assembleia às 9h, em frente à Prefeitura.

A Prefeitura, na semana passada, havia oferecido um reajuste de 1,69% em agosto e um aumento de R$ 13,05 no vale-alimentação. De acordo com sindicato, nenhum outro item da pauta foi atendido.

 

O presidente do Sinsej, Ulrich Beathalter, falou aos presentes na reunião que “nenhum governo eleito neste sistema vai resolver os problemas dos trabalhadores”.

Leia as últimas notícias de Joinville e região no AJ