Paralisação dos caminhoneiros em SC: "O limite é hoje", enfatiza governador Eduardo Pinho Moreira

Paralisação dos caminhoneiros em SC: "O limite é hoje", enfatiza governador Eduardo Pinho Moreira

Governador pede "compreensão e bom senso do movimento grevista" para que o estado volte à normalidade

Por Redação Agora Joinville 29/05/2018 - 14:52 hs
Foto: Jeferson Baldo / Secom

O governador Eduardo Pinho Moreira afirmou que a situação da greve dos caminhoneiros em Santa Catarina chegou ao limite. Diante dos prejuízos e das dificuldades enfrentadas pela população, o governador enfatizou que mesmo o Estado conseguindo manter os serviços essenciais, o momento é de recuperar a normalidade e a ordem pública.

"A partir de hoje (terça-feira), a normalidade deverá começar a voltar em Santa Catarina, fruto das nossas decisões. O limite é hoje", reforçou. O pronunciamento do governador foi na sala de imprensa do Centro Integrado de Gerenciamento de Riscos e Desastres, o Cigerd, no fim da manhã desta terça-feira.




Ainda pela manhã, o governador esteve na sala de operações e agradeceu às equipes do Governo, que segundo Moreira, trabalham 24 horas há nove dias. "Santa Catarina se organizou, desde o primeiro momento, para manter os serviços básicos e essenciais a todos os catarinenses", observou o governador.

Eduardo Pinho Moreira reconheceu que as reivindicações dos caminhoneiros são legítimas, diante de uma política equivocada de preços dos combustíveis, pela Petrobras, mas reforçou que espera compreensão e bom senso do movimento grevista para que o Estado retorne à situação de normalidade e possa começar o trabalho de recuperação dos prejuízos causados pela paralisação.