Ex-vereador João Carlos Gonçalves é condenado por lavagem de dinheiro

Ex-vereador João Carlos Gonçalves é condenado por lavagem de dinheiro

Como a decisão é de primeira instância, os advogados de defesa devem recorrer

Por Redação Agora Joinville 05/06/2018 - 10:37 hs
Foto: Divulgação/CVJ

 

O ex-vereador João Carlos Gonçalves foi condenado em 1ª instancia pela 2ª Vara Criminal da Comarca de Joinville, após ficar comprovado que ele e os empresários Fábio Henrique Dulizia e Maurício Pirchio, também condenados, estavam envolvidos em crimes contra administração pública. A operação policial foi conduzida pelo Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Grupo Organizado (Gaeco), que foi batizada de Blackmail.

Na sentença, o magistrado condena João Carlos Gonçalves, ex-vereador de Joinville pelo MDB, a seis anos, nove meses e 20 dias de prisão, pelos crimes de tráfico de influência e lavagem de dinheiro. Como a pena é inferior a oito anos de reclusão, o réu, após o trânsito em julgado ou confirmada a condenação em segunda instância, iniciará o cumprimento da pena em regime semiaberto.

De acordo com Ministério Público de Santa Catarina (MPSC), mais de cem pessoas foram ouvidas na operação deflagrada pela Secretaria do Meio Ambiente (SEMA). Os denunciados faziam parte do núcleo 2. Os mandados de busca e apreensão foram realizados no dia 8 de novembro de 2016. A ação tinha dois objetivos: desmontar uma organização criminosa, que cobrava vantagens indevidas de comerciantes locais, e prender agentes públicos que praticavam tráfico de influência e lavagem de dinheiro.

Os empresários Fábio Henrique Dulizia e Maurício Pirchio foram condenados a dois anos de prisão, em regime semiaberto. O ex-vereador ficou preso preventivamente em uma cela isolada na Penitenciária Industrial de Joinville.  Como a decisão é de primeira instância, os advogados de defesa devem recorrer.

Leia as últimas notícias de Joinville e região no AJ