Feira do Livro de Joinville recebe mais de 100 mil pessoas

Em dez dias de evento, diversos autores e atrações passaram pela cidade

Por Redação Agora Joinville 17/06/2019 - 08:28 hs
Foto: Nilson Bastian/Divulgação
Feira do Livro de Joinville recebe mais de 100 mil pessoas
16ª Feira do Livro de Joinville. Foto: Divulgação/Nilson Bastian

Andar pelos corredores da Feira do Livro de Joinville é ter a certeza de que a cada cinco passos você vai ter que parar e olhar. Olhar para os diferentes livros oferecidos e para as várias atividades realizadas durante esta edição. Com o tema “Literatura: aproximando corações”, o evento foi muito além da oportunidade de comprar e folhear livros.


Mais de 30 autores subiram ao palco principal para conversar com o público compartilhando suas diferentes histórias. Teatro, contação, oficinas, debates e diversos painéis fizeram parte da programação que reuniu um público de mais de 100 mil pessoas nos dez dias de evento.


“Estar na Feira do Livro é muito bom. A gente tem a oportunidade, inclusive, de conhecer o nosso livro sob um novo olhar quando conversa com o leitor e isso é maravilhoso”, disse o ator e escritor Lázaro Ramos.


Entre os diferentes autores destaque para os portugueses Mafalda Milhões e Nuno Costa Santos que vieram pela primeira vez à Feira do Livro. O encontro foi resultado da homenagem que o evento fez a Portugal.


Teve exposição de trajes açorianos, apresentação do grupo Folclórico Balho & Tocata - Casa dos Açores de Santa Catarina e, na abertura, o embaixador de Portugal no Brasil, Jorge Cabral, marcou presença.


Além de exposições, os mais de 40 expositores e cerca de 20 livreiros comemoram o resultado de vendas de livros: foram cerca de 50 mil exemplares comercializados.


O gênero mais procurado foi o Infantil, seguido de Romance e Educação e o livro mais vendido foi “O Diário de Anne Frank” - obra que foi notícia nas últimas semanas já que Anne completaria 90 anos agora em 12 de junho.


Todos os livreiros tiveram que repor livros, mais de uma vez, tamanha foi a procura pelos mais variados títulos. “Estamos muito entusiasmados com o resultado do evento. A Feira é um momento de compartilhar saberes, de conversar, olho no olho, com o escritor e de adquirir uma obra para renovar a prateleira ou presentear quem a gente a gosta. Queremos agradecer a família joinvilense que nos prestigiou”, completa Sueli Brandão, Presidente da Comissão Organizadora da Feira do Livro de Joinville.

A 17ª Feira do Livro será de 29 de maio a 7 de junho de 2020. 


Campanha

Durante a Feira do Livro foi feita uma campanha de doação de livros para entregar à entidades joinvilenses. Foram mais de mil obras arrecadadas.