Planeta Terra atinge esgotamento de recursos naturais mais cedo em toda história

Índice é medido desde 1970; Agora, humanidade entra 'no vermelho' no uso de recursos naturais e usa mais do que a Terra consegue repor

Por Redação Agora Joinville 30/07/2019 - 11:17 hs
Foto: Nasa
Planeta Terra atinge esgotamento de recursos naturais mais cedo em toda história
Planeta Terra em 1972. Foto: Nasa

A partir desta segunda-feira (29), o Planeta Terra atingiu o esgotamento de recursos naturais mais cedo em toda série histórica, índice medido desde 1970. Agora, a humanidade passa a consumir mais recursos do que a Terra pode produzir causando danos ao meio ambiente. 

Este cálculo é feito pela Organização Global Global Footprint Network e é chamado de Dia de Sobrecarga da Terra. Ele marca a data exata em que os recursos naturais produzidos pelo planeta não são mais suficientes para suprir o consumo da humanidade e absorver os resíduos produzidos.

A primeira vez que ocorreu a sobrecarga foi em 29 de dezembro, nos anos 70. Em 2019, o limite foi o recorde: 29 de julho. 

Segundo especialistas no assuntos, os seres humanos excederam a capacidade natural e entramos em vermelho com o planeta

As consequências são graves: por exemplo, escassez de água potável, erosão do solo, perda de biodiversidade e mais. E ainda, os efeitos que podem ser percebidos e que causam danos na vida da humanidade, como secas, inundações, incêndios, e outros. Ainda segundo especialistas, existem consequências que atingem o social e econômico, como nas plantações, safras, preços mais altos dos alimentos e maior chance de contrair doenças.


ONU

Segundo a Organização das Nações Unidas (ONU), para manter o mesmo padrão de consumo atual da humanidade, seria necessário usar 1,75 planeta Terra todos os anos.