Governo repassou apenas 16% do prometido para manutenção de SCs

O principal problema, segundo a Secretaria da Casa Civil, são questões burocráticas

Foto: Divulgação

No início de maio do ano passado, o governo do Estado anunciou que destinaria R$ 74 milhões para manutenção de rodovias estaduais. Ao final de 2019, o Executivo somava a liberação de apenas R$ 11,8 milhões, cerca de 16% do total.  

O principal problema, segundo a Secretaria da Casa Civil, são questões burocráticas, como atraso em documentações e formações de consórcios entre os municípios. A pasta diz que o entrave deve ser superado em 2020. O prometido para este ano é mais R$ 120 milhões, apenas para obras de tapa-buracos, roçadas e pequenos reparos.

O desafio para 2020 também é chegar a mais cidades. Em 2019, a liberação de recursos contemplou apenas quatro consórcios de associações de municípios, que englobam cerca de 120 das 295 cidades. Segundo a pasta, os recursos não executados em 2019 não serão somados ao orçamento da área em 2020.