Confusão e desespero marcam carnaval de Joinville 2020

Foram disparar balas de borracha, bombas de efeito moral e gás de pimenta contra a população, incluindo crianças, idosos e gestantes que participavam da festa

Por Isabel Lima / Redação Agora Joinville 24/02/2020 - 11:54 hs
Foto: Reprodução/ O mirante

Neste sábado (22), o carnaval de rua de Joinville, Folia 2020, terminou duas horas antes da programação devido a uma briga que resultou em uma ação policial. A ação da polícia teria começado devido a uma briga entre foliões próximo da 1h, de acordo com testemunhas, cerca de 20 pessoas estavam envolvidas.  Foram disparar balas de borracha, bombas de efeito moral e gás de pimenta contra a população, incluindo crianças, idosos e gestantes que participavam da festa.


Ao questionar um dos policiais sobre o fim da festa, pois a programação estava prevista para até as 3h, o folião Jefté Zanelato recebeu um empurrão e a resposta “acabou a festa”. Várias garrafas foram atiradas contra os agentes de segurança em repreensão, que responderam com mais violência. O fim da festa foi decretado antes mesmo das 2h, quando não havia mais nenhum folião na Avenida Beira-rio.


 A confusão foi desesperadora, como relata Jefté, que viu muitas famílias chorando de desespero pois tinham parentes dentro da muvuca. Diversos civis foram atingidos com balas de borracha enquanto tentavam fugir. No palco, a Escola Príncipes do Samba se apresentava no momento em que a confusão começou, mais três escolas iam performar na noite, além de um DJ. 


Investigação


Um inquérito será instaurado para investigar o caso, de acordo com a Polícia Militar de Joinville. 16 foliões foram detidos e encaminhados para a Central de Polícia.