Alesc admite processo de impeachment contra Daniela por 32 votos a sete

Deputados de seis partidos votaram contra

Foto: Agência AL

O plenário da Assembleia Legislativa de SC (Alesc) votou e aprovou na noite desta quinta-feira (17) a admissibilidade do processo de impeachment contra a vice-governadora Daniela Reinehr. A causa pró-cassação venceu por 32 votos a sete. 

Os parlamentares que votaram contra o andamento do processo foram José Milton Scheffer (PP), Altair Silva (PP), Paulinha (PDT), Vicente Caropreso (PSDB), Coronel Mocellin (PSL), Marcius Machado (PL) e Bruno Souza (Novo). O presidente Julio Garcia (PSD) se absteve.

Na sequência foi discutido o processo de impeachment contra o governador Carlos Moisés da Silva. 

Veja como votou cada deputado (pela abertura do processo):

MDB

Fernando Krelling - Sim

Moacir Sopelsa - Sim

Romildo Titon - Sim

Luiz Fernando Vampiro - Sim

Ada de Luca - Sim

Valdir Cobalchini - Sim

Jerry Comper - Sim

Mauro de Nadal - Sim

Volnei Weber - Sim

PSL

Felipe Estevão - Sim

Sargento Lima - Sim

Ana Caroline Campagnolo - Sim

Jessé Lopes - Sim

Coronel Mocellin - Não

Ricardo Alba - Sim

PSD

Kennedy Nunes - Sim

Marlene Fengler - Sim

Ismael dos Santos - Sim

Julio Garcia - Abstenção

Milton Hobus - Sim

PL

Ivan Naatz - Sim

Mauricio Eskudlark - Sim

Nilso Berlanda - Sim

Marcius Machado - Não

PT

Fabiano da Luz - Sim

Luciane Carminatti - Sim

Padre Pedro Baldissera - Sim

Neodi Saretta - Sim

PP

João Amin - Sim

Altair Silva - Não

José Milton Scheffer - Não

PSB

Nazareno Martins - Sim

Laércio Schuster - Sim

PSDB

Marcos Vieira - Sim

Vicente Caropreso - Não

PDT

Paulinha - Não

Republicanos 

Sergio Motta - Sim

PSC 

Jair Miotto - Sim

PCdoB

Cesar Valduga - Sim

Novo

Bruno Souza - Não